Perdeu burguesinha. A rede social venceu!!!

dezembro 19, 2011 at 6:30 pm 46 comentários

Vai no cabeleireiro

No esteticista

Malha o dia inteiro

Quer entrar na UEPA

Sem vestibular

A burguesinha é uma artista!!!

Juiz volta atrás e decide a favor da Uepa

O juiz Marco Antonio Lobo Castelo Branco, titular da 2ª Vara da Fazenda de Belém, resolveu na manhã de hoje (19) aceitar o recurso da Universidade do Estado do Pará (Uepa) solicitando a suspensão da decisão de matricular Izabela Vinagre Pires Franco no curso de Medicina, sem que ela tenha feito o vestibular.

Fonte http://www.diarioonline.com.br

Imagem: Google

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

A hora e a vez da indignação Frase do dia:

46 Comentários Add your own

  • 1. José Bentes  |  dezembro 19, 2011 às 7:38 pm

    Se estudar o bastante… passa!

    Responder
    • 2. Celia  |  dezembro 20, 2011 às 12:08 am

      Verdade, precisa estudar e se igualar aos que passam, porque ralam ano após ano pra passar em medicina!
      Tomara que essa decisão seja cumprida e não apareça recursos e mais recursos a favor dessa moça porque tem grana….

      Responder
  • 3. Anônimo  |  dezembro 19, 2011 às 8:28 pm

    Quando fiz vestibular não existia o sistema de cotas, passei em 1º lugar na UFPA, no ano seguinte estudei 1 mês p/ a UNAMA passei em 16ª lugar. Quis mudar p/ outro curso na UFPA, fiz na época o vestibular interno (quando há vagas) e passei. Resumo, a meritocracia deveria ser o único critério no vestibular. Sou contra o sistema de cotas. Fica quase impossível hoje p/ quem é branco passar no vestibular.

    Responder
    • 4. Alex  |  dezembro 20, 2011 às 4:56 pm

      Você perdeu uma grande oportunidade de ficar quieto, essa foi uma das maiores heresias que eu já li. Quem estuda passa, e se você não sabe, a mesma quantidade de vagas para “pretos e brancos”, se é que podemos classificar assim, é a mesma, no mais fica a dica, antes de escrever merda por aí, procura saber se você está certo, antes, sem noção.

      Responder
      • 5. Pinheiro  |  dezembro 21, 2011 às 5:22 pm

        Acho que foi vc quem perdeu esa oportunidade,,, Esse sistema de cota é racismo caso não perceba. Ou então que se faça um apartaid nessa merda. Faculdade de branco, com professor branco , aluno branco e escola pra negro com professor negro aluno negro. Ia ficar melhor não? Dando emprego aos professores negros, serventes etc, tudo junto, Se quer todo mundo com tratamento igual que se faça condições iguais de acesso e se retire as cotas.

      • 6. Anônimo  |  dezembro 22, 2011 às 11:07 am

        Se você conhecesse um pouco de história do Brasil, veria que o sistema de cotas é a única forma, A CURTO PRAZO, para diminuir a dívida social que se tem com as matizes de pele negra.

      • 7. L  |  dezembro 22, 2011 às 4:42 pm

        Que besteira as pessoas se separando em brancas e negras. Alow! Somos uma mistura de raças, isso é Brasil e não alemanha… Somos todos mestiços, mas a raça é uma só, que supostamente deveria ser a raça humana, mas enfim… Cor de pele não define Q.I. e oportunidade a gente cria…

        Quando se é bom de verdade em alguma coisa, e desejamos muito que aquilo aconteça, não existe sexo, nem cor de pele e nem nada que nos impeça de conseguir, pois é só com sacrificio que valorizamos as coisas…

    • 8. Anônimo  |  dezembro 20, 2011 às 4:58 pm

      preconceituoso, sou branca, mas não penso assim!

      Responder
    • 9. Andrea Viana  |  dezembro 20, 2011 às 5:42 pm

      Não desmereço seu sacrifício. Pra ver como os valores se inverterão. Hoje é difícil um branco passar no vestibular, no passado e até um tempo traz era impossível um pobre e um negro entrar numa universidade, pois a condição social entre classes era muito grande. É irrelevante alguém dizer que é difícil um branco passar no vestibular hoje porque o Brasil é miscigenado não tem só uma ração SOMOS TODOS MISTURADOS. Durante os 26 de vida nunca encontrei alguém de sangue azul ou puro como queira entender.

      Responder
      • 10. Andrea Viana  |  dezembro 20, 2011 às 5:44 pm

        Meu comentário é em resposta ao anonimo.

  • 11. Carmem Viegas  |  dezembro 19, 2011 às 9:39 pm

    Por que a belezinha não paga uma faculdade particular?
    Dinheiro não falta! É muita cara de pau!
    Vai ralar menininha!!!!!!!

    Responder
    • 12. ferrreira  |  dezembro 22, 2011 às 2:04 am

      Por todos querem um diploma da ufpa e so os melhores conseguem honestamente

      Responder
  • 13. Mary.  |  dezembro 19, 2011 às 11:28 pm

    Acabou o vestibular na UEPA?
    A Universidade que ela cursava era pública?

    Responder
  • 14. Anônimo  |  dezembro 19, 2011 às 11:54 pm

    tem que estudar….=)

    Responder
  • 15. Davison  |  dezembro 20, 2011 às 11:54 am

    Quero saber c isso vira moda ai ai ai hein isso é pra se aparece,naum tem o que fazer,ora paga uma facul particular ou sera que naum tem dinheiro hahahahahaha,tem que rala muito pra passar garotinha.

    Responder
  • 16. Alan Drimity  |  dezembro 20, 2011 às 5:10 pm

    Vai estudar mulher,passei o ano inteiro ralando no cursinho e ela vai querer entrar assim.NUNCA !

    Responder
  • 17. Ana Cláudia  |  dezembro 20, 2011 às 7:12 pm

    É muito não ter vergonha na cara mesmo, tem tanto dinheiro para pagar um curso particular e quer vim tirar vaga de pessoas que ralaram estudando o ano inteiro para passar. Até quando esses absurdos vão existir ?

    Responder
  • 18. mi roots.  |  dezembro 20, 2011 às 10:46 pm

    sem mais comentário :s é isso ai Brasil, é isso ai 😡

    Responder
    • 19. ferrreira  |  dezembro 22, 2011 às 2:05 am

      isso não é brasil é pará

      Responder
  • 20. Fábia Assunção Araújo  |  dezembro 20, 2011 às 11:41 pm

    Vai fazer Vestibular!

    Responder
  • 21. paulo iuri  |  dezembro 21, 2011 às 12:08 am

    É querer umilhar a classe pobre que sofre o ano todo para tentar passar no vestibular, ela é uma boa de uma vadia

    Responder
    • 22. Anônimo  |  dezembro 21, 2011 às 3:52 pm

      “umilhar” ????? Gezuis..

      Responder
    • 23. eu  |  dezembro 21, 2011 às 7:25 pm

      para escrever “UMILHAR” tem que ser colega de escola dessa burrinha, que quer fazer faculdade sem fazer vestibular.

      Responder
  • 24. Claudio Lopes  |  dezembro 21, 2011 às 1:13 am

    vergonhaaaaaaaaaaaaaaaaa garota sem vergonhaaaaaa

    Responder
  • 25. Mylla  |  dezembro 21, 2011 às 1:48 am

    Tomara que essa depressão dela piore! E esse sofrimento não vai ser nada se comparado ao da população pobre da qual os pais dela roubaram o dinheiro que mantém o status da família. Bando de aproveitadores. Roubaram dinheiro pra ficar no banco?! Agora sabemos pq Vic e Valéria não investiram na educação do povo; não querem nem investir na da filha!

    Responder
  • 26. FATIMA SOUZA  |  dezembro 21, 2011 às 2:32 pm

    Meu filho se matando de tanto estudar. Pois faz questão de estudar na uepa ou ufpa por serem as melhores. E essa bonitinha quer entrar sem nenhum esforço ….. nem pensar……. não vai mesmo.

    Responder
  • 27. lola  |  dezembro 21, 2011 às 5:10 pm

    ha é por causa da depressão é?então se for assim vou entrar na justiça também,ja que tento medicina há 6 anos já to ficando depressiva tmbém heheh…vou te contar é cada uma veio!

    Responder
  • 28. eliane  |  dezembro 21, 2011 às 6:02 pm

    Aaa tá! me matei de estudar p entrar na UEPA, e vem uma filinha de papai querendo entrar de mão beijada… vai estudar em vez de ficar pensando em compras e passar os outros p trás.Bem feito , finalmenta ajustiça foi feita corretamente nesse país.

    Responder
  • 29. Anônimo  |  dezembro 21, 2011 às 6:45 pm

    É isso aí,manos

    Responder
  • 30. Anônimo  |  dezembro 21, 2011 às 8:27 pm

    TO SÓ ESPERANDO O RESULTADO DA UFPA…. PQ SE A MINHA FILHA NÃO PASSAR, VOU EXIGIR A MATRICULA DELA, TAMBÉM NÃO QUERO VER MINHA FILHA COM DEPRESSÃO……….

    Responder
  • 31. valmira oliveira  |  dezembro 21, 2011 às 10:34 pm

    achava que iria se dar bem, hahahaha…
    vai estudar garota….

    Responder
  • 32. Adalgisa Amélia Ramos de Oliveira  |  dezembro 22, 2011 às 12:05 am

    Parabéns a esse juíz que não se intimidou com NOME DE FAMÍLIA, coisa muito comum no Brasil. Minha sobrinha “ralou” um ano inteiro de estudos, sem contar todo o ENSINO MÉDIO, preparando-se para enfrentar o vestibular da UEPA. Passou por merecimentos e não porque tem esse ou aquele nome. O nome dela é importante porque soube honrar e dignificar os estudos, herança de família. Parabéns de novo a minha sobrinha, acadêmica de MEDICINA DA UEPA, POR MÉRITO: LETÍCIA RAMOS DE OLIVEIRA MARTINS.

    Responder
    • 33. Gustavo  |  dezembro 22, 2011 às 4:30 am

      Parabéns ao juiz? Foi ele mesmo quem ordenou a matrícula dela com argumentos absurdos. Só voltou atrás na decisão porque o fato se tornou público, senão ia acontecer tudo na surdina.

      Responder
  • 34. Anônimo  |  dezembro 22, 2011 às 12:07 am

    se tem grana faz cesupa uahuahuaha

    Responder
  • 35. Fah  |  dezembro 22, 2011 às 1:40 pm

    O que mais me irrita são as cotas pra escola pública. Tenho vários conhecidos com muito bom poder aquisitivo,mas que se matriculam em escolas públicas à noite só pra entrar na cota (com notas mais baixas) e estudam nos cursinhos mais caros durante o dia, 3, 4 carros na garagem e tudo o mais, enquanto muita gente passou apertos pra estudar em escola particular, onde o ensino infelizmente é melhor. Mas acho sistema de cota pra negros sem sentido, quando se inscreve, tanto faz se é branco ou negro, se ninguém perguntasse isso não ia nem ter como saber a cor pra começo de conversa. Passou, passou e pronto. E não, não sou branca e estudo na UEPA.

    Responder
  • 36. Anônimo  |  dezembro 22, 2011 às 2:41 pm

    Parabéns ao juiz uma ova!!! Esse safado deve ter sido subornado, era para ser tudo por debaixo dos panos mas agora que o caso tornou-se popular, ele está voltando atrás da decisão para não sujar o nomezinho dele!
    Enquanto a garota, só digo: Dinheiro não compra tudo ta riquinha! Vá estudar para ter seu mérito de entrar na UEPA assim como todos os outros fizeram!

    Responder
  • 37. Anônimo  |  dezembro 22, 2011 às 2:43 pm

    Parabéns ao juiz uma ova!!! Ele deve ter sido subornado, era para ser tudo por debaixo dos panos mas agora que o caso tornou-se popular, ele está voltando atrás da decisão para não sujar o nomezinho dele!
    Enquanto a garota, só digo: Dinheiro não compra tudo tá riquinha! Vá estudar para ter seu mérito de entrar na UEPA como todos os outros fizeram!

    Responder
  • 38. Anônimo  |  dezembro 22, 2011 às 2:44 pm

    Parabéns ao juiz uma ova!!! Esse safado deve ter sido subornado, era para ser tudo por debaixo dos panos mas agora que o caso tornou-se popular, ele está voltando atrás da decisão para não sujar o nomezinho dele!
    Enquanto a garota, só digo: Dinheiro não compra tudo tá riquinha! Vá estudar para ter seu mérito de entrar na UEPA como todos os outros fizeram!

    Responder
  • 39. Anônimo  |  dezembro 22, 2011 às 2:51 pm

    Genteee, q mico hein!Eu no lugar dela agora teria maior vergonha de sair na rua… Ir para a faculdade então, nem se fala!

    Responder
  • 40. Miriam  |  dezembro 22, 2011 às 4:44 pm

    Vergonha por que? Atire a primeira pedra quem nunca se envolveu em algum problema voluntária ou involuntariamente. Caso tudo isso proceda, mesmo assim qualquer pessoa merece ser deixada em paz.Cuidado que a vida dá muitas voltas. Esse caso está me incomodando muito. Nem conheço as pessoas, mas antes que o Coliseu existisse já haviam pessoas jogadas às feras.

    Responder
  • 41. corpguide  |  dezembro 22, 2011 às 4:57 pm

    Além de entrar sem fazer o vestibular, não há dúvidas de que iria ter seus privilégios pra conseguir concluir o curso com a maior facilidade.

    Ainda bem que alguém colocou um basta nisso!

    Parabéns pelo blog!

    Responder
  • 42. Anônimo  |  dezembro 22, 2011 às 5:25 pm

    Ela tem que fazer faculdade de Circo ou qualquer coisa paracida, pq isso é uma tremenda palhaçada. É por isso que tem muito profissional incompetente, por ter entrado na peixada.

    Responder
  • 43. Wove  |  dezembro 23, 2011 às 2:42 am

    O senso do que é certo prevaleceu. Coisa difícil de se ver nesse país. Mas se vê, que bom que se vê! Talvez haja esperança nesse país.

    Responder
  • 44. José Maria de Souza Martins  |  dezembro 23, 2011 às 11:22 am

    A instituição que mais prezo chama-se “FAMÍLIA”, que, lamentavelmente vem, já há um bom tempo, sendo relegada. É triste. Quem deve valorizar referida instituição e, isto, através de exemplos, não necessariamente teóricos, mas, fundamentalmente práticos, são os pais. Não creio que a jovem em questão tenha tomado isoladamente a decisão questionada. Mesmo que assim tenha sido, os pais, se responsáveis, deveriam tê-la orientado e, assim agindo, evitariam o constrangimento ao qual a jovem foi submetida. Sem FAMÍLIA que saiba valorizar a educação dos filhos, não haverá solução para este País, ou qualquer outra nação.

    Responder
  • 45. José Maria de Souza Martins  |  dezembro 23, 2011 às 11:49 am

    Outro ponto que desejo me referir: alguns comentários sobre este assunto tem sido grosseiros e agressivos. É claro que todos temos o direito de nos manifestar externando nossos pensamentos, mas, usando as palavras com termos agressivos, principalmente os qualificativos, nivelamo-nos por baixo e, como tal, abdicamos do nosso livre arbítrio, para nos tornarmos passíveis de ser chamados à ordem, isto é, responsabilizados perante à Lei. Para respeitar outrem, e não é por tratar-se de autoridade constituída, a regra é simples: dirijamo-nos com o respeito devido, do mesmo modo como gostaríamos de ser tratados.
    ____________________
    Blogueiro
    Concordo com você!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  • 46. André  |  março 2, 2013 às 4:11 am

    Só hoje estou lendo sobre isso, bom… primeiro, rico ou pobre todos temos direito a educação… vestibular é um sistema ultrapassado que só no Brasil ainda se usa. Moro em curitiba, sou de Belém e fiquei assustado com tantos comentários racistas que li, e devo dizer a todos os racistas de plantão, não existem brancos “puros” em Belém!!!!!!!!!!! A não ser que os racistas que comentaram sejam filhos de europeus brancos! Voltando ao assunto principal, sim o juiz na verdade foi um FDP que só voltou atrás por medo de ter seu nome envolvido nas investigações que poderiam haver à época e por isso decidiu voltar atrás em sua decisão. DEVO ALERTALOS AINDA MAIS UM POUCO SOBRE RACISMO E TUDO MAIS, a decisão de sair de Belém foi exatamente por isso! Sou filho de um gaúcho, que é por sua vez filho de uma judia polonesa com um italiano minha mãe com muito orgulho digo isso é uma cearense criado no Pará, negra… e nessa mistura fui ensinado e não fazer distinções por cor, raça etnia ou classe social, e com muita tristeza digo que os nortistas são os mais preconceituosos dos brasileiros… infelizmente, devemos parar com esses preconceitos idiotas e lutar para termos nossa dignidade e direitos respeitados por nossos governantes e deixarmos o pensamento provinciano que muitos têm por aí!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


dezembro 2011
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Meu twitter

Contador do Diário

  • 304,883

%d blogueiros gostam disto: