Archive for dezembro, 2010

É preciso saber viver

Toda pedra do caminho
Você pode retirar
Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher.
[…] É preciso saber viver
(Roberto Carlos e Erasmo)


A vida será
sempre uma escolha. Uma opção (in)consciente dos caminhos que desejamos trilhar. Mas há momentos que precisamos apenas seguir as tradições que guiam nossas vidas e encontramos edificadas, desde quando passamos a fazer parte da sociedade. Uma dessas tradições é a festa do ano novo.

Olhando para o relógio (na parede da cozinha da minha casa) vejo o crepúsculo de 2010 e o nascimento de 2011.

Desde pequeno, quando despertei para vida, vi muito anos irem embora e os novos chegaram com muitas promessas de mudanças e palavras de esperanças.

Vi as festas, os fogos, as famílias reunidas para saudar a chegada de um novo ano. Todos desejam paz, dinheiro, saúde e felicidade aos seus semelhantes.

Todos desejam coisas, que não serão realizadas no ano que se inicia. O ano fica velho (como tudo na vida), mas mesmo assim continuamos a repetir a tradição. Talvez a festa de ano novo seja um labirinto, um mal necessário, uma catarse humana.

Nunca entendi o significado desses gestos, dessa euforia que absorve as pessoas, dessa sensação que torna possível a realização de tantos sonhos.

Por que será que a chegada de um novo ano provoca uma comoção de bem estar nas pessoas?

Afinal, amanhã quando o sol nascer no oriente o dia continuará a ter as mesmas vinte quadro horas e viveremos, cada coisa no tempo certo, as mesmas estações do ano e os mesmos dilemas que enfrentamos no ano moribundo que foi embora.

Sentiremos o calor no verão e nos abrigaremos da chuva no inverno amazônico. Pagaremos contas de energia elétrica, prestações de carros e financiamentos de casas. Vamos sorrir, chorar, amar e odiar.

Se há alguma coisa imutável no mundo, somos nós os seres humanos.

Talvez, a chegada de um novo ano seja apenas mais uma libertação de emoções e de sentimentos reprimidos.

Ou porventura, este pobre e ranzinza blogueiro é que precise parar de procurar o sentido pra tudo que acontece na vida. Precise parar de filosofar e questionar o mundo e entender que é preciso saber viver !!!!!

Imagem: Google

Anúncios

dezembro 31, 2010 at 2:49 pm Deixe um comentário

Feliz ano novo a todos os leitores(as) do Diário de Um Educador

Mas:

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

(Receita de ano novo – Carlos Drummond)

Imagem; Google

dezembro 30, 2010 at 12:57 pm Deixe um comentário

Frase do dia:

“Há uma coisa tão inevitável quanto a morte: a vida.”

Charles Chaplin

dezembro 29, 2010 at 2:30 pm

Eu sou o blogue!!!

Viveria sem muitas coisas na vida:

Viveria sem o shopping, sem TV por assinatura, celulares, geladeira, micro-ondas, cartão de crédito, carro do ano, água encanada, ar condicionado, máquina fotográfica bar e restaurante;

Viveria sem muitas coisas consideradas indispensável no mundo moderno;

Mas não viveria sem meu irmão blogue.

Como disse o blogueiro Eric, minhas postagens são loucas, outras sérias, outras enigmáticas, outras brincalhonas, outras sábias, outras sem pé nem cabeça, outras muito úteis.

Meu blogue é a minha alma. Minha carteira de identidade. Meu alcoolismo. Meu consumo excessivo, consistente, meu vício incurável.

Somos irmãos siameses, o Médico e o Monstro, Romeu e Julieta, açaí com farinha, a luz e a escuridão.

O blogue é minha doença psicológica…

A mais pura inconstância que sempre caracterizou a minha vida.

Caro Eric: “Eu sou o blogue”!!!!!


Imagem: Google

dezembro 29, 2010 at 1:45 pm 2 comentários

Pra Você Lembrar!!!

Eu vou voar pra algum lugar ( Restart)

A escola é muito divertida para um professor ou uma professora que, ainda, não se considerem mortos.

A escola é um mosaico vivo. Um mosaico de seres humanos tão diferentes.

A escola é um laboratório, onde se reinventa e reaprende o aprendido.

Tentando entender os meus alunos(a) e procurando decodificar o mundo que eles habitam, puxei um papo sobre música.

Não falei das velharias que curto e até pra não estragar a conversa.

Foi, então, que um aluno falou das músicas do Restart.

Mas percebi que o grupo musical gera paixão e ódio entre os adolescentes.

Para alguns o Restar é maneiro; para outros se trata apenas de um grupo de emos solitários, que vive compondo músicas românticas e tolas

Eu não entendi nada. Ou será que entendi tudo????


Veja o vídeo e tire suas conclusões:

dezembro 28, 2010 at 7:52 pm Deixe um comentário

Quem espera sempre alcança!!!!

Não é que Papai Noel se lembrou deste blogueiro. Será que foi a crônica que escrevi no blogue, que se tornou o top da semana e foi lida por centenas de leitores(as) do Diário de Um Educador?

Ou será que foi a força da opinião pública, a força da internete que fez o velho Noel se lembrar que, também, sou filho de Deus?

Não sei o que aconteceu, mas o meu presente tão sonhado chegou no dia 27 de dezembro.

Fiquei muito grato “ao bom velhinho” por ter realizado o meu sonho de menino.

Mas não precisava esperar tanto. Exato quarenta e nove anos, doze meses e 27 dias para acertar o meu endereço.

Haja paciência. Esperei quase meio século pelo meu autorama!!!!!

Tudo bem, afinal quem espera sempre alcança.

Veja a felicidade deste blogueiro. Uma felicidade traduzida em quatro cliques.

O presente

Mãos a obra

Montando o autorama

Estreando a pista

Fotos: Aquivo Pessoal

dezembro 28, 2010 at 1:31 am 9 comentários

Frase do dia:

Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha.

Frase atribuída a Confúcio

Imagem: Google

 

Porque o SENHOR passará para ferir aos egípcios, porém quando vir o sangue na verga da porta, e em ambas as ombreiras, o SENHOR passará aquela porta, e não deixará o destruidor entrar em vossas casas, para vos ferir.

E aconteceu, à meia noite, que o SENHOR feriu a todos os primogênitos na terra do Egito, desde o primogênito de Faraó, que se sentava em seu trono, até ao primogênito do cativo que estava no cárcere, e todos os primogênitos dos animais.

 

(Exodo)

dezembro 27, 2010 at 1:46 pm Deixe um comentário

Posts antigos


dezembro 2010
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Meu twitter

Contador do Diário

  • 304,878