Novos tempos

março 11, 2013 at 9:37 am 3 comentários

adeus

A partir de hoje sou aluno do mestrado de Ciência Política da UFPA.

Acho que não terei mais o mesmo tempo pra manter o meu Diário.

Agradeço a paciência de vocês e, principalmente, a companhia, mas os tempos são outros.

Uma coisa é certa o blogue não manterá o mesmo ritmo de atualização.

See you later!!

Imagem: Google

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

Dilma e a minha mãe!! Afagos das sensações

3 Comentários Add your own

  • 1. silvinha  |  março 12, 2013 às 5:31 am

    Temos certeza do proveito que farás de cada hora dedicada a este mestrado, e sabemos que os frutos advirao desta nova etapa academica em sua vida. O excelente professor (educador nato) que és, sempre trará na alma o desejo de multiplicar conhecimentos, instigar reflexao, diminuir desigualdades e fazer de cada aprendizado um instrumento em favor do outro. Por isso, vá em frente companheiro e sucesso nesta nova jornada, estamos torcendo por voce!

    Luz, Silvinha

    Responder
  • 2. Kleber piiedade  |  março 21, 2013 às 12:48 am

    Pparabéns na nova jornada meu sempre querido e inesquecível(humano,sensivel e verdadeiro nato professor) Secretário de estado de educação que revolucionou e humanizou nossa tão destruida SEDUC. Tenho certeza que está etapa será brilhantemente vencida te preparando pra voos muito mais altos. Um abraço bem apertado e bem bragantino, rogo a nosso São Benedito( nosso São Bené, nosso preto) que caminhe ao teu lado sempre. Prof. Kleber Piedade e família.

    Responder
  • 3. Waldir Lisboa da Conceição  |  março 22, 2013 às 9:27 pm

    Nosso mundo é mesmo muito engraçado. Quem diria que esse blogue ficaria órfão?
    Então, como artista que sou. Leitor e colaborador desse blogue, resolvi escrever alguma coisa. Espero que você, leitor assíduo, continue mandando seus comentários.

    POR QUE ONTEM FOI SEXTA-FEIRA
    E HOJE É SÁBADO

    Quando a manhã chega no varal disfarçado de calma desperto para esse outro lado da consciência que temo em reproduzir o mofado discurso ,“Realidade”.

    Concretude, embriagam minha alma. O torpor, cria ruídos em acordes quase Wagneriano. Busco afagos nas sensações das cores.

    Cada vez mais se misturam tonalidades que vão do frio ao mais quente tom!

    Ah! esse exercício de ser e não ser, me enchem de adrenalina.

    Olho para minhas demandas e o que noto, são apenas paisagem
    como uma tela branca.

    Não indiferente mas apenas ali, esperando que um gesto pelo menos,
    mude o espaço e assim, construindo uma ponte entre meu espírito e minha materialidade.

    O desespero dos aflitos, jorram como uma furiosa corredeira de onde o susto emerge em um Grito de espanto ao se deparar com a enorme queda onde o fundo líquido os espera apenas para continuar na direção mais calma do rio.

    É assim que meu ser foi forjado para esse mundo: quando contemplo os seres e as coisas, minha imaginação entra em ação os estímulos vem como em um grande banquete. As bandejas repletas de variedades e enchem meus olhos de cores e formas

    Um outro dia, escutei um amigo Canadense que dizia o quanto as academias da Suíça, estavam abarrotadas de teses e dissertações e se pelo menos 50% dessas ideias fossem colocadas em práticas, já melhorariam bastante a condição do nosso mundo.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


março 2013
S T Q Q S S D
« fev    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Meu twitter

Contador do Diário

  • 304,682

%d blogueiros gostam disto: