Siga o mau exemplo e coloque a divida no passivo do Zenaldo!!

janeiro 6, 2013 at 12:51 pm Deixe um comentário

caloteiro

Religiosamente pago o meu IPTU.

Mas, sinceramente, este ano estou inclinado a deixar pra lá.

Acho que você leitor(a), depois de ler esta notícia, deveria fazer o mesmo.

Quem sabe a desobediência civil levasse a novo Prefeito de Belém a respeitar a população.

Faça o que digo mas não o que faço

Por Franssinete Florenzano

A nova secretária de Finanças de Belém, Suely Lima Ramos Azevedo, é a responsável, entre outras atribuições, pela arrecadação dos impostos, entre eles o IPTU. Acontece que ela está sendo executada judicialmente por não pagar o seu IPTU, e desde o dia 23 de janeiro de 2012 a juíza Ana Patrícia Nunes Alves Fernandes, respondendo pela 5ª Vara de Fazenda, mandou citá-la dando prazo de cinco dias para que pagasse a dívida sob pena de penhora de bens. Misteriosamente, ela ainda não foi encontrada pelo oficial de justiça. E também o tribunal não conseguiu até hoje citá-la através de Carta de Citação com AR ou, restando esta infrutífera, por edital, conforme a ordem judicial. E olhem que Suely Ramos Azevedo ocupava há oito anos o cargo de secretária de Planejamento e Finanças do próprio TJE-PA(!). Leiam na íntegra o despacho no Processo: 0056404-94.2011.814.0301.

Já na ação de Alvará Judicial – processo 0033272-71.2012.814.0301, interposta por Suely Lima Ramos Azevedo e outros, com o fim de obter transmissão sucessória de sepultura no Cemitério Santa Izabel, em Belém, ela foi contemplada com os benefícios da justiça gratuita, cujos requisitos da Lei nº 1.060/50 são bem claros aos expressar que deve atender aquele cuja situação econômica não lhe permita pagar as custas do processo e os honorários do advogado, sem prejuízo do sustento próprio ou da família. O que, absolutamente, é o caso de Suely Azevedo, dado que é público e notório o alto salário a que fazia jus por seu DAS.

Sueli Azevedo requereu gratuidade que, por lei, só deve ser concedida a pessoas comprovadamente pobres. E se beneficiou com ela. Não paga o IPTU mas tem agora a missão justamente de cobrá-lo da população de Belém. Com que autoridade moral? O prefeito Zenaldo Coutinho(PSDB), naturalmente, não sabia desses fatos. Mas agora já sabe. E terá que tomar uma atitude.

O caso me foi contado pelo jornalista Carlos Mendes, que deu o furo de reportagem e já publicou a matéria na Agência Estado – e no jornal O Estado de São Paulo.

Imagem: Google

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

Parabéns, The Champions Lula e Dilma: popularidade turbinada!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Meu twitter

Contador do Diário

  • 303,155

%d blogueiros gostam disto: