A escola e o silêncio

novembro 30, 2012 at 2:37 am 2 comentários

Enquanto a lua passava na frente de Júpiter e o planeta desaparecia gradativamente, o blogueiro pensava:

é o tal calendário Maia está correto. O mundo vai acabar mesmo no dia 21 de dezembro de 2012”.

Chamou seu fiel amigo notebook e resolveu ditar uma carta para os sobreviventes da catástrofe que se aproxima.

Nela expõe o que pensa sobre a escola em que trabalha e o que considera as razões do seu fracasso.

Seu fiel companheiro não titubeou e pouco menos demonstrou preocupação se o blogueiro iria contrariar muitos de seus colegas de trabalho ou os assíduos leitores(as) de seu diário.

Afinal, o mundo vai acabar mesmo e pouco importa a reação alheia.

A Educação está em crise?

Está é uma pergunta que me coloco todos os dias quando vou trabalhar na Escola Aldebaro Klautau.

Penso o que ocorreu com aquela unidade de ensino?

Como explicar que uma escola – que já foi referência de organização e de ensino de boa qualidade – tenha chegado ao fundo do poço?

É o governo culpado pela situação?

Os baixos salários dos professores(as) seria a explicação lógica para tal descaso e pela produção cotidiana do fracasso escolar?

Seriam nossos alunos indiferentes a uma instituição que passa distante de seus sonhos e de sua maneira de lidar com as novas tecnologias e com a vida?

A escola estaria ultrapassada?

Morreu inerte diante de seres humanos que se movimentam neste novo mundo tão repletos de aparatos, os quais cultuam semelhante a um Deus?

Creio que a escola poderia ser diferente. Mesmo com todas as limitações estruturais que vivenciamos.

Bastaria que ali brotasse uma gestão democrática e eficiente.

Se houvesse a disciplina que todo projeto coletivo requer.

Se a comunidade escolar gestasse um bom projeto pedagógico e por ele se apaixonasse.

Se existisse um ambiente de aprendizagem, onde todos nós professores, professoras, alunos, alunas, pais e mães nos sentíssemos felizes.

Um ambiente, onde a indiferença e o fatalismo não nos condenassem a mediocridade.

As manifestações de descrença a qualquer possibilidade de criar o novo não fosse preponderante.

As relações interpessoais não tivessem tão desgastadas e nós ainda nos interessássemos pelos outros.

Se naquele chão as pessoas não fingissem que tudo estar bem.

Se tudo de ruim que presenciamos não fosse utilizado como argumento para tornar a nossa escola muito pior.

Se o descaso com o ensino não multiplicasse a passividade e alimentasse o fogo do descompromisso.

Se os homens e as mulheres não aceitassem o óbvio.

Se abandono, a falta de amor, não parecesse natural,

Se naturalmente não aprendêssemos a palavra silêncio.

O silêncio que silencia o amor e que nos torna cego por uma opção pessoal e absolutamente cretina.

O silêncio que castra qualquer possibilidade de reinventar o mundo e nos impede de acreditar na educação porque todos parecem não acreditar mais nela.

O silêncio mata covardemente a esperança.

Assim todos nós, exceto os que já sucumbiram, morremos a cada dia!

Imagem: Google

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

Meu poste é outro, em 2014 O mata-leão vegano

2 Comentários Add your own

  • 1. Guilherme Marssena(um CARIÔNIDA)  |  novembro 30, 2012 às 10:41 am

    SERIA ALVISSAREIRO SE FOSSE SÓ NA ALDEBARO KLAUTAU,MAS É TRÁGICO PORQUE ACONTECE ISSO EM TODA A REDE PÚBLICA.MEUS PARABÉNS POR NÃO TERES MÊDO DE FICAR SÓ..

    Responder
  • 2. Anônimo  |  dezembro 9, 2012 às 5:20 am

    É PROFESSOR, O MAIS TRISTE É QUE NÃO É SÓ SUA ESCOLA QUE ESTÁ ASSIM, SUAS PALAVRAS CABEM PERFEITAMENTE AO QUE ESTÁ ACONTECENDO NA ESCOLA PADRE FRANCISCO BERTON, VIZINHA DO KLAUTAU. ESTÃO “MATANDO” NOSSA ESCOLA, JÁ AMEAÇAM ACABAR COM O NOTURNO. O QUE SERÁ DE NOSSOS ALUNOS TRABALHADORES? FIZERAM A MESMA AMEAÇA NA ESCOLA CIDADE DE EMAÚS, MAS A COMUNIDADE DO BENGUI ENFRENTOU O GESTOR DA USE 10 E ELES VOLTARAM ATRÁS. É UMA PENA QUE SEJAM TÃO POUCAS AS VOZES QUE CLAMAM POR QUALIDADE NA EDUCAÇÃO.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


novembro 2012
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Meu twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Contador do Diário

  • 303,625

%d blogueiros gostam disto: