A república é uma merda?

novembro 15, 2012 at 4:38 pm Deixe um comentário

Por Pedagoga Keila Cardoso

Recentemente visitei São Paulo.

Lá descobri que a independência do Brasil não foi exatamente como a pintada por Pedro Américo. Veja a imagem:

Dizem que D. Pedro nunca parou a margem do Rio Ipiranga, pois estaria com uma tremenda de uma diarreia.

Então, como Pedro Américo pintou o belo quadro sem nunca D. Pedro ter passado por lá? Se lá tivesse parado apareceria no belo quadro com as calças na mão e um rolo de folhas de tiririca?

Égua, como diz o blogueiro, não devemos acreditar na história oficial.

Se a independência nasceu de uma farsa o que Deodoro da Fonseca, que nos idos de 1950 meus alunos no Paes de Carvalho afirmavam “ter a perna fina e bunda seca” estaria fazendo na hora da proclamação da república?

Resposta do Blogueiro:

Como foi no Rio de janeiro não sei o que o Marechal Deodoro fazia, mas o povo eu sei: estava sambado alegremente na famosa Pedra do sal.

E tudo acabou em samba, menos para aquele homem pobre e corajoso chamado Antônio Conselheiro.

Aliás, a república e merda eram a mesma coisa pra ele!

Imagem: Google

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

A brisa De pai para filho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


novembro 2012
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Meu twitter

Contador do Diário

  • 304,886

%d blogueiros gostam disto: