A boca maldita

maio 8, 2012 at 1:42 am Deixe um comentário

Pai Curupira estava no repouso de seu lar, assistindo o jogo do Leão com o Cametá.

Seu time perdendo, mesmo com o juiz ajudando.

40 do segundo tempo: Pênalti!!

Vibração no terreiro mais famoso do Sat e a remosat em festa.

Um preceptor do Pedroso que assistia atentamente o clássico com um galho de pimenteira na mão, desafiou o pai de santo, perguntando:

– Essa vai lá onde a coruja dorme?

E o Pai curupira aborrecido disse:

– Porra nenhuma. Essa não entra nem que eu evoque Ogun agora.

Marciano foi escalado pra bater o penal:

Bola em marte. A torcida do mais querido ficou muda com a espinha do mapará atravessada na garganta.

O terreiro parecia um funeral

E o secador do Pedroso pensou, feliz da vida, com sua malagueta:

– Égua da boca fudida…

Fim de jogo!!!!!!!!!!!!!

Imagem:  Google

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

Lata d’água Descaso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


maio 2012
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Meu twitter

Contador do Diário

  • 303,438

%d blogueiros gostam disto: