Archive for março 23, 2012

Sou o homem de lata

Recebi o seguinte texto na caixinha de comentários:

Senhor blogueiro,

Não entendo essa sua rixa com os temporários. Eles são trabalhadores como outros quaisquer.

Eu mesmo, fui do Quadro Suplementar da ALEPA, até 1996, quando me aposentei com 30 anos de serviço.

Naquele tempo não tinha essa modinha de fazer xiszinho para conseguir emprego público. A gente se apresentava ao deputado, e ele nos testava: fazíamos um ofício ou escrevíamos um discurso,o que se passasse pela cabeça dele.

Eu comecei no gabinete do deputado Dionísio Bentes.

No entanto se hoje tenho uma velhice tranquila, agradeço a três deputados: Dr. Zeno Veloso, Seu Babá e Professor Edmilson.

Em 1992, invetaram um recadastramento dos servidores, com cruzamento de dados com os cadastros escolares. Não sei por quais cargas d’água, descobriram na SEDUC que o meu diploma de Nível Médio no CEPC era “falsificado”. Ora eu estudei os três anos, mas no ultimo um professor de matemática implicou comigo e me deixou por 0,5.

A moça da Secretaria ficou com pena de mim e me deu histórico e um certificado provisório, me declarando aprovado. E assim, foi por mais de 20 anos. Até que burocratas insensíveis inventaram essa investigação.

Pois bem, o Dr era presidente da Casa e ia fazer um projeto nos anistiando e nos efetivando, mas o PT (Zé Carlos) rugiu logo que soube das intenções do presidente. Aí um colega que era lotado no gabinete do Babá sugeriu que o mesmo assinasse o documento.

Assim foi feito, e o deputado Edmilson apoiou a nossa luta, enfraquecendo a oposição petista e garantindo nosso pão.

PS: entre os 67 temporários há muitos amigos meus. Têm senhoras que dependem desse salário para sustentar filhos e netos. Gente que vai perder casa, carro, vai parar de viajar em férias.

O senhor não tem coração?

Aposentado Solidário

 ____________________________________________________________________________________________

Comentário do blogueiro

A resposta a sua indagação é não, pois neste caso sou semelhante ao homem de lata do Mágico de Oz

Nem eu, nem o ex-deputado Zé Carlos e a ex-deputada Aida Maria!!!

Lembro que este tratamento que você reivindicar não foi dado a centenas de trabalhadores da área da saúde e da educação.

Será por que eles não tinham padrinhos deputados?

Imagem: Google

Anúncios

março 23, 2012 at 2:47 pm 1 comentário

Nada será com antes

Lula mudou a realidade social do povo brasileiro. Dilma dinamite, aquela que não aceita chantagem e malfeitos, continua operando as mudanças.

No governo do PT, ao contrário do tucanato, a mobilidade social no país continuou em alta em 2011, com protagonismo da classe C.

Foi essa faixa de renda a que mais recebeu integrantes, enquanto a classe DE diminuiu no ano passado.

A classe C recebeu 2,7 milhões de brasileiros da classe DE em 2011. Hoje são 103,054 milhões de brasileiros nessa faixa. Esse número representa 54% da população do país, um crescimento de 20 pontos percentuais em relação a 2005, ano do primeiro levantamento, quando eram 34%..

Em 2011, a classe AB recebeu 230 mil pessoas vindas da classe C.

A Classe C mostrou crescimento na renda passando de R$ 1.338 para R$ 1.557.

Todos estes dados retirei da versão digital de O Globo, cujo os proprietários tentaram de qualquer jeito (haja bolinhas) fazer Serra presidente do Brasil.

Mas essa gente não manda mais no país. Muito pelo contrário. O povo apoia Dilma porque quer ver a grande migração social continuar no Brasil governado pelo PT!!!

Afinal, nada será como antes!!!

Tenham um excelente final de semana e fiquem na companhia de Milton Nascimento:

março 23, 2012 at 7:04 am Deixe um comentário

O deputado camaleão

A busca desesperada dos votos leva candidatos a contradições difíceis de refutar.

A ASCONPA (Associação dos Concursados do Pará) controlada por um Psolista vai ficar caladinha diante do populismo eleitoral do deputado correligionário que não se cansa de acender uma vela pra deus e outra pro diabo.

Concurso público já e como diz o blogue do Barata: nada de PCCR pra trapaceiros!

Veja a matéria tirada do site da ALEPA:

20/03/2012 – Deputado se reúne com temporários ameaçados de distrato

O deputado estadual Edmilson Rodrigues (PSOL) declarou apoio à causa dos 67 servidores temporários da Assembléia Legislativa do Pará que estão ameaçados de distrato. Alguns desses servidores têm mais de 20 anos de trabalho e não possuem perspectivas de arrumar outro emprego devido à idade avançada. A tensão pelo possível desemprego está ocasionando problemas de saúde em alguns desses trabalhadores.”

O pior é que a ALEPA (leia-se o povo do Pará) poderá pagar R$ 52 milhões por descumprir o TAC assinado no Ministério Público que obriga a distratar os temporários e e realizar concurso público.

Amigos leitores e leitoras, não era isso que o PSOL defendia há dois anos atrás.

O que mudou???

Imagem: Blogue dos concursados

março 23, 2012 at 1:49 am 7 comentários


Meu twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Contador do Diário

  • 304,203