Esperanças Eleitorais

janeiro 8, 2012 at 9:31 am Deixe um comentário

O blogueiro recebeu um bilhetim dizendo que um veículo muito bacana havia noticiado pesquisa nova na praça. Como não podia ficar na ilharga dos acontecimentos, o blog foi buscar as informações.

 Hoje posso sintetizar assim o que foi levantado:

 1 – A pesquisa foi feita entre 26 e 30 de dezembro. Não foi contratada por partido e nem por político;

 2 – A ordem dos candidatos: Rei-Só, Primão, Judas, Mimi Gabi, Alguém do PT (por extrapolação e média), Zé Nada;

 3 – Ordem dos rejeitados: Rei-Só, Ana Júlia/Alguém do PT (por extrapolação e média), Duciomar Costa;

 4 – Partidos que lideram a preferência do eleitor: PT, PMDB, PCdoB, PSOL e PSDB (os dois últimos em abraço de afogado);

 5 – Partidos rejeitados pelo eleitor: PT, PSDB, PMDB;

 6 – Foram feitas 06 simulações, em virtude da indefinição petista.

7 – Sem Judas, crescem os indecisos/brancos/nulos e Rei-Só (pouco). Sem Zé Nada crescem Mimi e Primão.

 8 – Pela primeira vez, Rei-Só não bate a soma dos demais candidatos.

 De posse dessas informações e lendo pesquisas anteriores de Belém e nacional, o blogueiro convocou seu conseil d’administration de la faune a fim de tirar conclusão sobre os dados. São os membros: Professor Aguiar, referência acadêmica; Bobby Jhon; cientista político; Professor Paulo, homem das massas; Pedagoga Keyla, professora tucana e Pai Curupira, abre alas do além.

 Depois de dois dias de debates e estapeamento, chegamos às seguintes conclusões:

 1 – A pesquisa foi encomendada por empresário, interessado em saber em qual cesta colocar seus ovos;

 2 – A ordem dos candidatos é a mesma há dois meses. Coerente, pois não houve grandes novidade no quadro.

 3 – É interessante que entre os candidatos que postulam o cargo de prefeito, apenas o Rei-Só apareça entre os mais rejeitados. Significa que os demais candidatos são desconhecidos ou o eleitor prefere qualquer um que não seja o ex-prefeito criança (só fazia tolice);

 4 – Os dois primeiros partidos são os que têm preferencia nacional. É surpreendente a presença do PC do B nesta relação;

5 – A rejeição ao PT é coerente, pois cresce na mesma proporção de seu favoritismo. A novidade é a posição do PSDB, pois o eleitor normalmente não liga os mandatários a esse partido;

6 – Nada a comentar. É a metodologia escolhida;

 7 – Essa informação é preocupante para o (Des)Governador. Aparentemente sua base aliada não tem sinergia eleitoral. Retirar um candidato para apoiar outro acabaria por favorecer Mimi ou o Rei-Só. Se houver alguém a ser rifado, deve ser Judas por algumas moedas, só para manter a coerência;

8 – Isso indica um segundo turno. Cruzando informações gerais, como tempo de TV, possíveis alianças e capacidade de alavancagem das máquinas administrativas e partidárias, arriscamos a dizer que o PT – se conseguir ir unido às urnas e alcançar um piso de 10% – pode tirar o Rei-Só deste provável segundo turno.

 Conclusão: a mesma de Vandeley Luxemburgo, na 22ª Rodada do Brasileirão de 2011: ”Nada está decidido na competição. E não serão os matemáticos que decidirão quem será campeão. Não tem nada decidido.”

 Imagem: Google

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

Jordy, o sucessor de Aquilon Conta-gotas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


janeiro 2012
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Meu twitter

Contador do Diário

  • 303,418

%d blogueiros gostam disto: