Acabou a greve dos professores(as). Leia a ata derradeira:

novembro 18, 2011 at 3:31 pm 9 comentários

Aos dezessete dias do mês de novembro do ano de dois mil e onze da era cristã, reuniram-se os decanos do movimento dos professores (apesar do reumatismo de um, osteoporose de outro e demais patologias comuns à idade). Foi escolhido como presidente da sessão extraordinária o proprietário do blogue. E para secretariar este que subscreve. A reunião teve umúnico ponto de pauta: 1) debater os ganhos do movimento paredista. Depois de cada decano ter utilizado a palavra por três horas ininterruptas e das dez horas de debates, chegou-se às seguintes conclusões consensuais sobre a decisão dos que conduziram o movimento de encerrar a greve: 1) Não houve ganhos para a categoria; 2) O governo tucano saiu fortalecido, apesar de algum desgaste; 3) A vitória governista não saiu por ippon como pretendido, porém saiu por estrangulamento; 4) A oposição sindical se tiver alguns neuronios saberá capitalizar o descontentamento da categoria com a atual direção do SINTEPP; 5) A campanha de um certo candidato a prefeito saiu chamuscada com o desfecho da greve; 6) As medidas repressivas serão levadas ás últimas consequencias pelos tucanos; 7) PCCR e o PISO serão implantados no tempo e sob a ótica governista; Oito) Acabaram as eleições diretas para diretores; 9) Apesar dos erros, os dirigentes da Seduc tem plenas condições de inviabilizar greves nos próximos tres anos; 10) o dogma dos decanos se comprovou: ganha a greve quem ganha a opinião pública; 11) ressalte-se a persistência dos professores só comparável à garra e disposição dos seguidores de Antonio Conselheiro. 12) fica concedido ao Sr. Euclides da Cunha a medalha de honra ao mérito pela cobertura jornalística imparcial (nem sempre!!) dos acontecimentos que marcaram estes 52 dias que abalaram a Seduc; 13) desfaz-se nesta data o concílio dos decanos, ficando desde já convocados (os que sobreviverem) para a próxima greve. Encerrada a exaustiva discussão, foi lavrada a presente ata e encaminhada à redação do Diário de um Educador para dar ciência aos leitores(as) e cumprir nos conformes da lei ou em doze suaves prestações.

Euclides da Cunha

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

Um excelente final de semana Canudos até o fim

9 Comentários Add your own

  • 1. Keyla Cardoso  |  novembro 18, 2011 às 5:07 pm

    Caro blogueiro é com meu peito apertado e os olhos marejados que escrevo.

    Eu, pedagoga, que atuei 34 anos nas escolas públicas do estado do Pará sempre lutando pelo reconhecimento do valor da categoria e por nossos alunos tão carentes de conhecimentos.

    Que nos anos da Ditadura Militar fui humilhada junto com outros colegas lutando pela liberdade de ensino.

    Que em momento algum me deixei abater por nenhuma adversidade de qualquer tipo de Gestão, tendo sempre meu orgulho de educadora respeitado.

    Deparo-me hoje, dia 18/11/2012, com uma triste cena vista nos noticiários televisivos: nosso Sindicato implorando para que uma greve sem ganho algum acabe!

    Dói no fundo do peito ver nosssa categoria esmagada pelo governo Jatene.

    Quanto desrespeito! Sequer fomos recebidos pelo Secretário de Educacão.

    Triste fim! E o SINTEPP? Foi um simples joguete nas mãos do PSDB.Não soube negociar. Perdeu o apoio da populacão.E no final jogou a toalha como fazem todos os perdedores.

    Pedagoga Keyla.

    Responder
  • 2. Edvilson  |  novembro 18, 2011 às 5:17 pm

    E que Deus nos livre do jugo opressor dos governistas!!
    Afinal já bastam Senhor, as agruras da profissão…
    A mídia serviu pra derrotar ditadores na Ásia e professores coordenados por uma entidade sindical arcaica que partidariza aos extremos sua ação política-sindical.

    att.
    Edvilson

    Responder
  • 3. Bancarios do Pará  |  novembro 18, 2011 às 5:56 pm

    Caro Euclides da Cunha,

    Sugiro acompanhar agora a saga dos bravos seguidores de Antonio Conselheiro que se alojam no Banco da Amazonia.

    Acho que ali a coisa ainda dura uns dois meses, até a batalha final.

    Responder
  • 4. Euclides da Cunha  |  novembro 18, 2011 às 10:01 pm

    Companheiros do BASA, sou membro da imprensa e cobro honorários, o blogueiro sabe disso. Mas to a disposição de vcs, admito que sou uma pena comprada.
    Euclides
    ________________________________________________
    Blogueiro
    O pagamento que ele recebeu de mim foi o direito de almoçar em casa em quanto durasse a greve.
    Por isso, que ele era contra que terminasse a greve!!!!

    Responder
  • 5. Professor Joaquim Macedo  |  novembro 19, 2011 às 12:47 pm

    Blogueiro que papelão nós passamos! O SINTEPP dirigiu essa greve da nada prá lugar nenhum.

    Espero que eles tomem um chá de simancó e nunca mais se metam com o PSDB.

    E aquela figura que pense bem antes de querer se meter a candidato á prefeitura de Belém. Aonde ele estava na hora em que fomos massacrados?
    Em algum Pub da cidade com a sua gostosona?

    Responder
  • 6. Joaquim Macedo  |  novembro 19, 2011 às 12:55 pm

    Blogueiro que papelão nós passamos! O SINTEPP dirigiu essa greve da nada prá lugar nenhum.

    Espero que eles tomem um chá de simancó e nunca mais se metam com o PSDB.

    E aquela figura que pense bem antes de querer se meter a candidato á prefeitura de Belém.
    Aonde ele estava na hora em que fomos massacrados?

    Em algum Pub da cidade com a sua gostosona?

    Professor Joaquim Macedo

    Responder
  • 7. Roberto Silva  |  novembro 19, 2011 às 1:09 pm

    Prof. Cavalcante,

    Pensei em fazer uma avaliação séria da greve dos professores,mas para que queimar meus neurônios querendo explicar o inexplicável.

    Conclusão: fomos feitos de palhaços, expostos a chacotas de todos.
    Desta vez até os alunos ficaram contra a greve.
    Saímos como os grandes vilões, um bando de preguiçosos que não querem trabalhar
    Fomos execrados pela mídia.
    Agora coloco com todo o prazer o meu nariz de palhaço.
    Obrigado SINTEPP por mais uma derrota.

    Professor Roberto Silva.

    Responder
  • 8. Ildete Magalhães  |  novembro 19, 2011 às 2:11 pm

    Prof. Cavalcante,

    O SINTEPP postou em seu site: “No dia 18 de novembro de 2011, centenas de trabalhadores reunidos em assembleia geral resolveram por ampla maioria suspender a greve depois de vários dias paralisados.”

    Será que a direção do sindicato além de burra é cega? Que centenas de trabalhadores eles estão se referindo? Ou eu que surtei com tanta palhaçada que passei, além do sol e da chuva que peguei? Que vergonha. Quanta incapacidade.

    Fora direção do SINTEPP!!!!!!!!Estou enojada de vocês.

    Professora Ildete magalhães

    Responder
  • 9. Ildete Magalhães  |  novembro 19, 2011 às 2:14 pm

    Prof. Cavalcante,

    O SINTEPP postou em seu site: “No dia 18 de novembro de 2011, centenas de trabalhadores reunidos em assembleia geral resolveram por ampla maioria suspender a greve depois de vários dias paralisados.”

    Será que a direção do sindicato além de burra é cega? Que centenas de trabalhadores eles estão se referindo? Ou eu que surtei com tanta palhaçada que passei, além do sol e da chuva que peguei? Que vergonha. Quanta incapacidade.

    Fora direção do SINTEPP!!!!!!!!Estou enojada de vocês.

    Professora Ildete Magalhães

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


novembro 2011
S T Q Q S S D
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Meu twitter

Contador do Diário

  • 303,912

%d blogueiros gostam disto: