Bactéria resistente

novembro 17, 2011 at 12:07 pm Deixe um comentário

Apesar de todo o receituário antigreve tucano e da repressão que se abateu contra os proscritos do arraial de Canudos a greve dos trabalhadores de educação continua.

Nem mesmo as chantagens e ameaças feitas aos diretores(as) de escolas, a instalação de processos administrativos, os descontos das faltas da greve, demissão de temporários, o linchamento orquestrado na mídia e ações judiciais conseguem demover os professores de continuar lutando pelo cumprimento do piso salarial, conforme determina a decisão do Supremo Tribunal Federal.

Segundo um leitor do blogue, os professores(as) grevistas começam acreditar que se transformaram em uma espécie kafkiana de bactéria resistente aos antibióticos aplicados em dose cavalar por um governo que mostra total desconhecimento de como funciona o movimento dos trabalhadores de educação.

 Veja a nota do Repórter 70, onde os Maiorana afirmam que os tucanos contam história pra boi dormir:

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

Lula de cabelo raspado O laudo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


novembro 2011
S T Q Q S S D
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Meu twitter

Contador do Diário

  • 304,686

%d blogueiros gostam disto: