O grand finale?

novembro 4, 2011 at 4:07 pm 2 comentários

O blogueiro acertou mais uma vez. Desse jeito vou virar quiromante.

Veja qual foi a decisão do juiz Helder Lisboa:

Juiz determina fim da greve de professores

O juiz da fazenda, Elder Lisboa, determinou em sentença divulgada no inicio da tarde desta sexta-feira (4) que os professores da rede estadual, em greve há mais de um mês, retornem imediatamente ao trabalho e considerou que a greve é ilegal.

Na decisão, o magistrado também determina ao Estado que não desconte os dias parados dos professores. Ainda na decisão, o Estado é intimado a adotar as providências necessárias para a atualização do piso salarial que deve à categoria, bem como a implantar o Plano de Cargos Carreiras e Salários da categoria em até 12 meses, a partir de 1º de janeiro de 2012. ( Fonte: ORM).

Determina, ainda, que o SINTEPP qapresente a este Juízo no prazo de 10 dias o calendário que garanta a reposição das aulas perdidas.

E ao Estado do Pará que inicie Processo Administrativo Disciplinar aos professores que insistirem no movimento grevista.

Ainda vamos escutar por muito tempo a mantra: a greve continua, Jatene a culpa é tua ou é o ippon?

Quanto aos trabalhadores(as) de educação é preciso ter calma, avaliar o movimento e decidir os caminhos que a categoria vai trilhar.
Mas uma certeza: admitir as condições imposta pelo judiciário é o mesmo que aceitar uma grande derrota para categoria!!!

No ritmo da sentença da justiça fique com a ternura da Wanderleia:

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

O estranho caso do hospital e o PPS das origens As mais belas mentiras

2 Comentários Add your own

  • 1. Lígia  |  novembro 4, 2011 às 11:50 pm

    Blogueiro,

    Aqui no Estado do Ceará, após dois meses de greve, o movimento foi suspenso por 30 dias com mobilização. As negociações foram retomadas e hoje o governo apresentou sua proposta de aumentar em 15% o salário de todos os professores do Estado, o que não agrada a categoria que luta pela aplicação do piso e sua repercussão na carreira.

    A nossa luta é pela valorização da nossa carreira de professor, atualmente pouquíssima atrativa, e não apenas por aumento salarial. “Professor não é gasto, é investimento”.

    No próximo dia 11/11 nos reunimos em assembléia para decidirmos os rumos do movimento.

    Apesar dos políticos, governantes, desejarem que o povo permaneça na ignorância, os professores estão fazendo um trabalho oposto. Deixo alguns trechos do Rap escrito por meu aluno Luciano (6º ano):

    “To chegando no pedaço e hoje eu vou cantar um rap, é que eu to indignado porque não acabou a greve, sou aluno, to ferrado, to parado, sem estudar, e a proposta do governo fez a greve piorar!
    (…)
    Como o professor vai evoluir se o plano de carreira o governo quer destruir?
    (…)
    Hoje eu to indignado e eu to falando sério, me formei pós-graduado para ganhar igual magistério! Ah governo, assim não dá! Desse jeito, não tem jeito de agente estudar!”

    Meu consolo hoje!
    Lígia.

    Responder
  • 2. Anônimo  |  novembro 5, 2011 às 10:45 am

    A coluna do RD de hoje está um nojo, lixo puro!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


novembro 2011
S T Q Q S S D
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Meu twitter

Contador do Diário

  • 304,458

%d blogueiros gostam disto: