É preciso saber viver

dezembro 31, 2010 at 2:49 pm Deixe um comentário

Toda pedra do caminho
Você pode retirar
Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher.
[…] É preciso saber viver
(Roberto Carlos e Erasmo)


A vida será
sempre uma escolha. Uma opção (in)consciente dos caminhos que desejamos trilhar. Mas há momentos que precisamos apenas seguir as tradições que guiam nossas vidas e encontramos edificadas, desde quando passamos a fazer parte da sociedade. Uma dessas tradições é a festa do ano novo.

Olhando para o relógio (na parede da cozinha da minha casa) vejo o crepúsculo de 2010 e o nascimento de 2011.

Desde pequeno, quando despertei para vida, vi muito anos irem embora e os novos chegaram com muitas promessas de mudanças e palavras de esperanças.

Vi as festas, os fogos, as famílias reunidas para saudar a chegada de um novo ano. Todos desejam paz, dinheiro, saúde e felicidade aos seus semelhantes.

Todos desejam coisas, que não serão realizadas no ano que se inicia. O ano fica velho (como tudo na vida), mas mesmo assim continuamos a repetir a tradição. Talvez a festa de ano novo seja um labirinto, um mal necessário, uma catarse humana.

Nunca entendi o significado desses gestos, dessa euforia que absorve as pessoas, dessa sensação que torna possível a realização de tantos sonhos.

Por que será que a chegada de um novo ano provoca uma comoção de bem estar nas pessoas?

Afinal, amanhã quando o sol nascer no oriente o dia continuará a ter as mesmas vinte quadro horas e viveremos, cada coisa no tempo certo, as mesmas estações do ano e os mesmos dilemas que enfrentamos no ano moribundo que foi embora.

Sentiremos o calor no verão e nos abrigaremos da chuva no inverno amazônico. Pagaremos contas de energia elétrica, prestações de carros e financiamentos de casas. Vamos sorrir, chorar, amar e odiar.

Se há alguma coisa imutável no mundo, somos nós os seres humanos.

Talvez, a chegada de um novo ano seja apenas mais uma libertação de emoções e de sentimentos reprimidos.

Ou porventura, este pobre e ranzinza blogueiro é que precise parar de procurar o sentido pra tudo que acontece na vida. Precise parar de filosofar e questionar o mundo e entender que é preciso saber viver !!!!!

Imagem: Google

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

Feliz ano novo a todos os leitores(as) do Diário de Um Educador O que a presidenta Dilma falou sobre educação em seu discurso de posse

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


dezembro 2010
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Meu twitter

Contador do Diário

  • 308,477

%d blogueiros gostam disto: